Por que a dieta mediterrânea é a melhor do mundo

Frutas, verduras, legumes, nozes e castanhas, além de peixes, carnes magras e, sobretudo, muito azeite de oliva extravirgem fazem da dieta mediterrânea a melhor do mundo. Em 2023, pela sexta vez consecutiva, a alimentação típica de países como Itália, Grécia, França e Espanha, alcançou o topo do ranking recém-divulgado pela publicação norte-americana U.S. News.

Que a dieta mediterrânea seja considerada a melhor do mundo não é nenhum novidade, já que periodicamente os benefícios para a saúde dessa alimentação são comprovados por estudos científicos e ganham destaque na mídia do mundo inteiro. O interessante é descobrir por que as comidas mediterrâneas são as melhor do mundo.

A bem da verdade não existe uma única dieta mediterrânea, já que são 21 os países que fazem fronteira com o Mar Mediterrâneo. Italianos comem pratos diferentes de gregos, libaneses, turcos e demais povos da região, mas todas essas culinárias têm algo em comum, que é compartilhar os mesmos princípios e muitos ingredientes.

Após anos de pesquisas e evidências, o denominador comum é que são cozinhas baseadas principalmente no consumo de vegetais, frutas, legumes, grãos, nozes, temperos frescos, além de peixes, carnes brancas, como frango, e todas fazem um uso abundante do azeite de oliva extravirgem, que é extremamente saudável para o organismo humano.

Por que a dieta mediterrânea é saudável

Numerosos estudos concluíram que a dieta mediterrânea é a mais saudável do mundo porque prevê um consumo regular de uma grande variedade de alimentos ricos em nutrientes, ao mesmo tempo que descarta o junk food, isto é, as comidas ultraprocessadas e de fast food.

A organização sem fins lucrativos Oldways desenvolveu em 1993, em parceria com a Universidade de Harvard e a Organização das Nações Unidas, a pirâmide da dieta mediterrânea, ou seja, regras que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, pode seguir. A pirâmide sugere:

  • Monte seu prato com uma ampla gama de comidas;
  • Coma frutas, vegetais, grãos, leguminosas, nozes ou castanhas, azeite de oliva, temperos frescos e especiarias, diariamente;
  • Coma peixes e frutos do mar, pelo menos duas vezes por semana;
  • Coma carnes brancas, ovos, queijos e iogurte com moderação;
  • Carnes vermelhas e doces deve ser reservados para ocasiões especiais;
  • Tome vinho tinto com moderação.

A força da dieta mediterrânea está em focar na variedade e na qualidade dos ingredientes, em vez de procurar determinados grupos de nutrientes ou comidas. Afinal, o mais importante é consumir regularmente uma grande variedade de comidas ricas em nutrientes variados.

Além de poder se colocada em prática facilmente, já que ingredientes frescos e de qualidade podem ser encontrados também longe do mediterrâneo, a dieta demonstrou em estudos científicos ser capaz de reduzir o risco de desenvolver algumas doenças crônicas, como as cardiovasculares e o diabete de tipo 2, além de aumentar a expectativa e uma melhor qualidade de vida.

Os benefícios da dieta mediterrânea foram documentados pela primeira vez no estudo dos Sete Países que investigou ao longo da segunda metade do século 20 a correlação entre estilo de vida, alimentação e doenças do coração entre 13 mil homens na Grécia, Itália, Japão, Finlândia, ex-Iugoslávia, Países Baixos e Estados Unidos.

Seguir a dieta mediterrânea traz benefícios não apenas diretamente pelos alimentos consumidos, mas também pelos ingredientes que deixam de ser ingeridos, como sal em excesso, gorduras saturadas e açúcares que compõem as comidas industrializadas.

LEIA MAIS

5 influenciadores italianos para aprender receitas típicas da Itália (paganinigastronomia.com.br)

Arroz certo e “mantecatura”: os segredos para um risoto cremoso (paganinigastronomia.com.br)

Como cozinhar uma massa perfeita (paganinigastronomia.com.br)

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v3.0”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Muito Obrigato PO Votar

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!